Pesquisa revela que fé influencia hábitos culturais Um levantamento sobre o comportamento cultural dos brasileiros feito pela consultoria J.Leiva revela que a fé de uma pessoa pode influenciar em seus hábitos culturais. Os dados comprovam o que especialistas têm defendido há algum tempo sobre a cultura gospel, alavancado principalmente pelo movimento musical, que desencadeou um estilo de vida cultural próprio. Esse processo alcançou tamanha dimensão no Brasil, que hoje se torna possível dizer que ele influencia não somente aqueles que professam uma fé de natureza cristã, como também, alcança pessoas que não possuem vinculação religiosa. 

Realizada com mais de 10 mil pessoas em 12 capitais de todas as regiões do Brasil, a pesquisa revela que os católicos e os evangélicos - que correspondem a 64 e 22% dos brasileiros, respectivamente, segundo o último Censo -- estão na ponta mais frágil do acesso a programações culturais, com exceção de espetáculos circenses. Todas as outras atividades culturais são mais acessadas por espíritas, praticantes de religiões de matrizes afro e pessoas sem religião. O evangélico normalmente frequenta espetáculos culturais próprios. Como a produção cultural gospel ainda não é tão grande quanto a secular, talvez seja esta a explicação para uma frequência menor.

Com o crescimento das designações pentecostais e não pentecostais no Brasil, o gospel passou a ser o 3° gênero mais ouvido no Brasil (atrás de sertanejo e MPB) e toda uma produção audiovisual começou a se desenvolver, como é o caso dos filmes "Os Dez Mandamentos" e "Nada a Perder", cinebiografia do Edir Macedo, dono da Igreja Universal.

Outros dados de consumo cultural:

Cinema
Evangélico Pentecostal 61%
Evangélica Não pentecostal 66%
Católica 59%
Espírita 74%
Afro-brasileiras 69%
Sem religião 74%

Shows Evangélicos
Pentecostal 34%
Evangélica Não Pentecostal 42%
Católica 46%
Espírita 58%
Afro-brasileiras 62%
Sem religião 59%

Museu
Evangélica Pentecostal 22%
Evangélica Não Pentecostal 29%
Católica 29%
Espírita 44%
Afro-brasileiras 46%
Sem religião 44%

Teatro
Evangélica Pentecostal 23%
Evangélica Não Pentecostal 27%
Católica 29%
Espírita 50%
Afro-brasileiras 44%
Sem religião 41%