Mãe virtuosa

A sabedoria de Salomão era inconteste, afinal ele recebera do próprio Deus. No livro de provérbios, dos vários ensinamentos sobre sabedoria que ele apresenta e destaca o valor e as recompensas para quem obedece a sua mãe e ouve as suas instruções – “Ouça, meu filho, a instrução de seu pai e não despreze o ensino de sua mãe. Eles serão um enfeite para a sua cabeça, um adorno para o seu pescoço”. (Provérbios 1.8-9). Dar valor aos ensinamentos da nossa mãe além de fazer bem para nós no momento, traz um resultado para toda vida, como um adorno que é exibido e enfeita o corpo. Podemos dizer que é a recompensa de termos honrado quem nos deu à luz.



Afinal, mãe é aquela mulher maravilhosa acima de tudo, que pode com um sorriso promover amor e felicidade. Geralmente são simples por natureza e com seus gestos comedidos demonstram feminilidade e grandeza. Mãe é aquela que sabe como ninguém entender os sinais que o filho nem percebe que os passou; quando vê já foi atendido por uma coisa que precisava e não pediu. Como ela sabia?! Mãe é assim, antevê os acontecimentos e tem uma percepção inigualável.



Quando a bíblia faz referência a mulher virtuosa, quem mais se enquadra na narrativa são as mães. “Reveste-se de força e dignidade; sorri diante do futuro. Fala com sabedoria e ensina com amor. Cuida dos negócios de sua casa e não dá lugar à preguiça. Seus filhos se levantam e a elogiam; seu marido também a elogia, dizendo: Muitas mulheres são exemplares, mas você a todas supera.” (Provérbios 31.25-29).



Uma boa mãe reconhece não ser perfeita, pois somente Deus o é, mas busca a perfeição em todos os seus gestos mesmo sabendo que nunca irá alcançá-lo.



Como diria um autor desconhecido: “Mãe, palavra pequena, mas com um significado infinito, pois quer dizer amor, dedicação, renúncia a si própria, força e sabedoria. Ser mãe não é só dar à luz e sim, participar da vida dos seus frutos gerados ou criados. Obrigado por termos você”.



 


s