Homossexual tenta matar o Um rapaz, identificado como Wallace Paulo de Queiroz, foi preso em São Cristóvão, Zona Norte do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (24), após tentar matar seu “namorado” com golpes de marreta no rosto. A vítima não teve a identidade revelada.

De acordo com a Polícia Civil, Wallace teria cometido o crime após descobrir que seu companheiro estaria se relacionando com outra pessoa. Ainda segundo a polícia, a vítima está internada em estado grave no Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

O agressor foi encaminhado para a 58ª DP (Posse) e responderá pelo crime de homicídio duplamente qualificado.

A violência doméstica homossexual é considerada um dos três riscos mais importantes à saúde de gays e lésbicas, ficando atrás apenas do HIV e do abuso de álcool e drogas. O tema só começou a ser estudado na década de 1990, apesar de ainda existir um grau muito alto de resistência em falar deste assunto. De acordo com pesquisas feitas nos Estados Unidos, a violência doméstica entre casais homossexuais ocorre aproximadamente entre 12% a 39% dos relacionamentos.