Empresário corintiano é suspeito de matar esposa palmeirense após discussão sobre futebol As comemorações pelo título do Palmeiras sábado (30) na Taça Libertadores terminaram mal na casa de um morador de um condomínio na Vila Mangalot, em São Paulo. Segundo vizinhos, o empresário corintiano, Leonardo Fernandes, teria matado a esposa palmeirense, Erica Fernandes (34), a facadas na madrugada de domingo (31).

Testemunhas disseram à Polícia que o casal começou uma briga após as comemorações pelo título conquistado pelo Palmeiras, time da vítima.

Érica era enfermeira e apaixonada pelo Palmeias e pelos filhos gêmeos, de apenas 2 anos.

A PM foi acionada e, ao chegar ao local do crime, os agentes encontraram a mulher com diversos ferimentos de faca. Ela chegou a receber atendimento, mas morreu ainda no local. O homem também tinha ferimentos.

O suspeito contou à polícia que foi a mulher quem o atacou com a faca primeiro, e que teria tomado a arma de sua mão e provocado os ferimentos. Ainda de acordo com a polícia, o casal tem filhos gêmeos, de 2 anos, que estavam no apartamento no momento do crime. A família de Erica não acredita que o real motivo da discussão tenha sido futebol.

O homem foi encaminhado ao hospital e permanece sob escolta policial. Ele foi preso em flagrante.