Guarda Municipal atuará com 180 agentes na final da Libertadores, no Maracanã, neste sábado (30)

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro vai atuar com 180 agentes e 28 veículos em apoio ao jogo final da Copa Libertadores da América, entre Palmeiras x Santos, que acontece a partir das 17h deste sábado (30/01), no Maracanã. 

As equipes começam o serviço a partir das 12h com o foco no ordenamento urbano e no controle do trânsito nas principais vias de acesso ao estádio, que estarão interditadas ao tráfego de veículos a partir das 14h, conforme planejamento operacional da CET-Rio. O acesso aos moradores será pela Avenida Paula Souza.

Entre os pontos de bloqueio, estão as ruas Professor Eurico Rabelo, entre a Avenida Professor Manoel de Abreu e a Avenida Maracanã; Rua Visconde de Itamarati, entre a Rua Eurico Rabelo e a Rua São Francisco Xavier; Rua Isidro de Figueiredo; ruas Conselheiro Olegário e Artur de Menezes; Avenida Professor Manoel de Abreu, sentido Centro, entre a Rua Dona Zulmira e Avenida Presidente Castelo Branco; Avenida Maracanã, ambos os sentidos, entre a Rua São Francisco Xavier e a Rua Mata Machado; viaduto Oduvaldo Cozzi, nos acessos às avenidas Maracanã e Presidente Castelo Branco (Radial Oeste), sentido Centro, no trecho compreendido entre a Rua São Francisco Xavier e a Avenida Maracanã.

Confira o esquema completo de interdições da prefeitura do Rio clicando aqui.

O estacionamento de veículos será proibido nas principais vias do entorno do estádio. A Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques, vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) vai atuar com seis reboques no entorno do Maracanã durante toda a partida.



*Prefeitura do Rio



Veja também:

PM do Rio e de São Paulo têm esquema especial contra aglomerações durante final da Libertadores