Jovem é preso em Niterói após comprar celular roubado pela própria mãe

A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (27) Matheus Macedo da Silveira, de 20 anos, que comprou um celular roubado pela própria mãe. A mulher também foi detida, mas não ficou presa.

Os agentes da 81ª DP, de Itaipu, foram atrás de Matheus após a queixa prestada pela vítima, que esteve na delegacia para registrar o furto. A vítima, que trabalha com venda de produtos eletrônicos, contou que deu falta de um aparelho telefônico. A autora do crime foi a mãe de Matheus, que trabalhou como diarista na casa.

De acordo com a delegada Raíssa Celles, titular da 81ª DP, Matheus contou que pagou R$ 1 mil à própria mãe pela compra do celular. Ele foi preso em flagrante pelo crime de receptação de produto roubado. Já a mãe foi indiciada por furto qualificado, mas não ficou presa.

A delegada ressaltou a ilegalidade de comprar produtos com origem desconhecida, muitas vezes oferecidos com valores muito abaixo aos de mercado:

"Produtos vendidos sem notas fiscais ou por um valor muito inferior ao vendido no mercado legal, nos leva a desconfiar da procedência dessas mercadorias. Caso não tenha certeza da origem do objeto que esteja comprando, não realize essa compra. Além de fomentar a indústria do crime, você pratica crime de receptação. Quem adquire produto de origem criminosa, está contribuindo para essa rede de práticas criminosas" – explicou.