Igreja doa mais de 13 mil dólares a funcionários de supermercado e ainda paga conta de clientes

Enquanto os Estados Unidos continuam a se recuperar dos efeitos da pandemia do coronavírus e da crise econômica, muitas igrejas estão aumentando seus esforços de caridade para ajudar os necessitados. Recentemente, uma congregação na Pensilvânia, no nordeste do país, distribuiu cartões-presente no valor de 50 dólares cada (o equivalente a mais de R$ 250) para todos os funcionários de uma mercearia local, além de ajudar a pagar as contas de 200 clientes.

A Igreja da Macedônia de Pittsburgh, uma congregação predominantemente afro-americana fundada em 1903, realizou o que chamou de uma “aquisição de mercearia” no sábado (23).

Além dos cartões-presente dados aos funcionários, a igreja também pagou mais de 50 dólares de cada conta de supermercado para os clientes da loja.

“Queríamos reconhecer esses trabalhadores da linha de frente e mostrar a eles que apreciamos tudo o que eles fazem nesta temporada”, disse a igreja em um comunicado postado no Facebook no sábado.

“Podemos ser uma bênção em nossas comunidades por causa de doadores fiéis como VOCÊ! Obrigado a todos os funcionários e voluntários, bem como à administração da Southside Giant Eagle por tornar esta iniciativa excelente. ”

O pastor Brian James Edmonds, pastor sênior da Igreja da Macedônia, disse ao site The Christian Post que sua congregação decidiu fazer este evento porque “nosso mundo está sofrendo agora”.

O custo total do evento foi de cerca de US $ 13 mil (cerca de R$ 65 mil). Edmonds disse que estava "enraizado em nosso entendimento de que a igreja também deve dar o dízimo às comunidades que serve".

“Isso é o que significa ser um bom vizinho. Como parte dessa divulgação específica, também doamos US $ 40.000 para organizações sem fins lucrativos locais que estão fazendo um trabalho transformador ”, continuou ele.

“Nos últimos dois anos, pegamos uma oferta de fim de semana inteiro e a dedicamos a organizações sem fins lucrativos locais. Estamos distribuindo 100% do que chega. ”

No final das contas, Edmonds disse que esperava que a igreja ensinasse às pessoas “que elas não estão sozinhas, que são apreciadas e que o amor de Deus pode surpreendê-las no supermercado”.

“Nossa oração é que a fé de alguém nasça, seja fortalecida ou restaurada, à medida que formos fiéis ao nosso chamado de ser a igreja”, acrescentou.