Volta às aulas na rede estadual do Rio terá horário alternativo e bandeiras de risco de Covid-19

As aulas presenciais da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro terão um horário alternativo. As atividades serão realizadas das 10h às 15h, com objetivo de evitar que os profissionais da educação e os alunos enfrentem aglomerações nos transportes públicos.

A informação foi confirmada nesta terça-feira (26) pelo secretário estadual de Educação do Rio, Comte Bittencourt. De acordo com o secretário, esse turno será único, ou seja, não haverá turno da manhã ou da tarde.

A secretaria prevê iniciar o ano letivo de 2021 no dia 8 de fevereiro em modo híbrido, isto é, com atividades remotas e presenciais. As aulas exclusivamente presenciais estão previstas para começar em março, atendendo apenas aos alunos em situação de vulnerabilidade que não possuem dispositivos eletrônicos ou acesso à internet.

No primeiro momento, tanto os alunos do modelo híbrido como os do presencial serão avaliados quanto ao nível de ensino conseguido durante 2020, ano em que a pandemia impôs desafios a professores e estudantes.

Bandeiras de risco da Covid

O secretário Comte Bittencourt também informou que as escolas vão funcionar em um sistema de bandeiras de risco à Covid-19. A classificação vai da verde – menor risco, atividades presenciais liberadas – até a roxa – maior risco, aulas exclusivamente remotas. As bandeiras serão divulgadas sempre às sextas-feiras.