Dez trabalhadores são encontrados mortos após explosão de mina de ouro na China

Nove trabalhadores foram encontrados mortos nesta segunda-feira (25) pelas equipes de resgate que trabalham em uma mina de ouro que explodiu na China. Um outro mineiro já havia sido declarado morto na última quinta (21), enquanto 11 foram resgatados com vida neste domingo (24).

A explosão da mina de ouro na província de Shandong, no Leste da China, ocorreu no último dia 10 de janeiro. Desde então, 22 mineiros estavam presos a centenas de metros de profundidade. As equipes de resgate conseguiram contato com alguns deles nas últimas semanas, até que 11 foram resgatados com vida neste domingo.

No entanto, o resgate encontrou 10 trabalhadores mortos soterrados, enquanto um ainda está desaparecido.

“Da tarde de domingo para a tarde desta segunda (horário da China), as equipes de resgate não pararam de procurar e encontraram outros nove mineiros que infelizmente morreram. Junto com um mineiro que morreu na quinta, os corpos das nove vítimas foram erguidos para fora da mina” – lamentou o prefeito da cidade de Yantai, Chen Fei.

Estima-se que o último mineiro desparecido esteja soterrado a mais de 600 metros de profundidade.

De acordo com as autoridades chinesas, os sobreviventes se comunicavam e receberam comida por meio de um cabo que passava por uma estreita abertura. A abertura também possibilitou que não faltasse oxigênio para os mineiros.