Vacina de Oxford parte para todos os municípios do Rio

Começou na manhã desta segunda-feira (25) a distribuição de 176 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneza contra a Covid-19 para os 92 municípios do Rio de Janeiro. A tendência é que não haja a reserva da segunda dose e que todas sejam aplicadas nos próximos dias.

Assim como a logística da CoronaVac, a distribuição da vacina de Oxford está sendo feita por terra, com caminhões e vans, para municípios mais próximos da região metropolitana. Já para municípios mais distantes da cidade de Niterói, onde fica a central de armazenagem da Secretaria de Saúde do Rio, o transporte é feito com auxílio de seis helicópteros.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a pasta vai guardar 4,8% das doses como reserva estratégica para atender eventuais perdas dos municípios. Ao contrário da CoronaVac, os estudos da vacina de Oxford apontaram bom grau de proteção já após a primeira dose, permitindo que a segunda seja aplicada até 12 semanas depois. Por isso, não haverá reserva da segunda dose nesse lote inicial.

A vacinação em todo o Brasil segue tendo como alvo os profissionais de saúde da linha de frente de combate à Covid-19 e idosos institucionalizados. Dessa forma, ainda não há aplicação para o público geral em postos de vacinação.