Comissão de Saneamento da Alerj pede explicações à Cedae sobre qualidade da água A Comissão de Saneamento Ambiental da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) enviou ofício à Cedae, nesta quinta-feira (21/01), solicitando a apuração de responsabilidade técnica sobre a manutenção e a possível contaminação da rede de abastecimento do Sistema Guandu. O presidente do colegiado, deputado Gustavo Schmidt (PSL), pediu ainda que a companhia forneça cópia integral dos laudos de qualidade das águas relativos ao mês de janeiro.

As denúncias feitas por moradores sobre o odor na água e falta de abastecimento voltaram a ocorrer um ano após a crise hídrica causada pela contaminação por geosmina. No fim do ano passado a companhia também enfrentou problemas no fornecimento por conta de um defeito na Elevatória do Lameirão, na Zona Oeste da Capital.

“Defendemos a Cedae pública e eficiente, sempre pensando no bem-estar da população. A Companhia ainda sofre com problemas herdados após anos de gestões equivocadas. Nosso papel é fiscalizar, cobrar providências e, ao mesmo tempo, auxiliar a atual administração para encontrarmos soluções rápidas e eficientes para que a água não falte e seja fornecida com qualidade aos consumidores”, explicou o parlamentar.


*Alerj