Combatente da Segunda Guerra Mundial recebe vacina contra a Covid-19 em Nilópolis

Aos 95 anos, o senhor João Amaro dos Santos encara de frente as novas batalhas. Ele serviu à Marinha brasileira e foi combatente na Segunda Guerra Mundial (SGM, 1939 – 1945), mas agora enfrenta a pandemia de Covid-19.

João foi infectado pelo novo coronavírus ainda no início da pandemia, em 2020, mas conseguiu vencer a doença. Agora, ele foi a primeira pessoa a ser vacinada na cidade de Nilópolis, na Baixada Fluminense. “Não doeu nada. Já vencemos uma guerra, agora estamos vencendo outra” – afirmou o animado ex-combatente, que completou: “eu nem consigo falar de tão emocionado e alegre que fiquei por ter sido escolhido. A injeção nem doeu, enfrentar batalhas é bem pior”

Quem também foi vacinada foi a Dona Rosa Szklarz, de 93 anos, uma lituana que enfrentou o Holocausto nazista, também durante a SGM. Morando agora em um abrigo da Zona Sul do Rio, ela veio para o Brasil com o marido, Menachem, após o fim do conflito.

Cidade do Rio chega a 30 mil vacinados

A vacinação contra a Covid-19 avança no estado do Rio. Na capital, segundo o vacinômetro da prefeitura, já foram administradas 32.333 doses da CoronaVac até as 8h14 desta quinta (21). Os números em todo o Brasil já passam de 100 mil.

No mundo, 53,8 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicadas, entre pessoas que receberam apenas a primeira e pessoas que já foram imunizadas com duas doses.