Católicos se despedem de Eusébio Oscar Scheid, arcebispo emérito do Rio, que morreu de Covid-19

Morreu na tarde desta quarta-feira (13), aos 88 anos, o cardeal Eusébio Oscar Scheid, arcebispo emérito do Rio de Janeiro. Dom Eusébio Sheid já vinha enfrentando um quadro ruim de saúde, que foi agravado após testar positivo para a Covid-19, há uma semana.

A causa da morte foi insuficiência respiratória aguda em decorrência da Covid segundo o Hospital São Francisco de Jacareí, em São José dos Campos/SP, onde o cardeal estava internado. O sepultamento ocorreu ainda nesta quarta, na cripta da Catedral São Dimas, também em São José. Devido à pandemia, não houve velório.

Em nota, a Arquidiocese do Rio lamentou a morte do arcebispo emérito: “entregou serenamente sua alma a Deus”. O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, disse que “sua missão foi marcada pela formação do clero e evangelização, alcançando assim muitos corações”. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, também prestou homenagem ao cardeal.

Em mensagem enviada ao cardeal Orani João Tempesta, atual arcebispo do Rio, o Papa Francisco prestou suas condolências:

“Recebi com profundo pesar a notícia do falecimento do cardeal Eusébio Oscar Scheid e desejo assegurar-lhe neste momento de luto a minha solidariedade orante com todos os fiéis que nele encontraram um zeloso pastor”.


Siga-nos