Estados Unidos e China são primeiros a chegar a 10 milhões de vacinados contra a Covid-19

Estados Unidos (EUA) e China, as duas maiores - e rivais - economias do mundo, se tornaram nesta quarta-feira (13) os primeiros países do mundo a administrar 10 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19.

Os EUA estão aplicando em seus cidadãos as vacinas da parceria Pfizer/BioNTech e da farmacêutica Moderna. Desde o início, o país já vacinou 10,28 milhões de estadunidenses.

A China também já vacinou pouco mais de 10 milhões de habitantes. O país utiliza imunizantes dos laboratórios Sinopharm – que desenvolve duas vacinas – e Sinovac, ambos chineses. A Sinovac desenvolve, em parceria com o Instituto Butantan, a CoronaVac, que também será usada no Brasil.

Em todo o mundo, já foram administradas 30 milhões de doses de vacinas contra a Covid, quase o dobro de uma semana atrás. O maior destaque segue sendo para Israel, que já imunizou mais de 23% de sua população, de longe a maior taxa do mundo, e espera sair da pandemia ao fim do mês de março.

Os dados são do Our World In Data, levantamento internacional liderado pela Universidade de Oxford.