Lista de perseguição de Portas Abertas indica aumento da hostilidade contra cristãos


A Lista Mundial da Perseguição 2021 já está disponível com o ranking dos 50 países onde os cristãos são mais perseguidos por causa da fé em Jesus. As informações publicadas são resultado da pesquisa feita entre 1o. de outubro de 2019 e 30 de setembro de 2020 em mais de 70 países. Desde 1993, a organização Portas Abertas publica a pesquisa que mede o índice de perseguição aos seguidores de Jesus. Mas a situação da Igreja Perseguida está sendo investigada desde a década de 1970. 

Nesta nova edição, foi registrado um aumento de 30%. Isso indica que mais de 340 milhões de cristãos enfrentam perseguição e discriminação por causa da fé. Em 29 nações, como AfeganistãoChina e Nigéria, as pontuações cresceram. Já em oito países como Coreia do NorteSomália e Índia, os pontos foram os mesmos da edição passada. No Sudão, Arábia Saudita e Egito e mais seis países a hostilidade contra os seguidores de Jesus teve uma queda.

O continente que mais teve países na lista foi a Ásia, com 29 nações. Em seguida veio a África com 19 e a América Latina com dois. Muitos dos cristãos perseguidos nesses locais também foram atingidos pela Covid-19 e as consequências da pandemia, como desemprego e fome. Mas nem tamanha vulnerabilidade foi capaz de impedir que governos, comunidades e familiares praticassem a intolerância religiosa contra nossos irmãos e irmãs em Cristo.

Neste relatório sobre a Igreja Perseguida também há informação sobre os tipos de perseguição registrados nos países elencados, além de fontes que exercem essa influência. 

Portas Abertas disponibiliza para download o e-book com as principais informações dos 50 países da Lista Mundial de Perseguição 2021 a todos que desejam orar pelos irmãos e irmãs da Igreja Perseguida!



 



*Portas Abertas