Seguem buscas por criança desaparecida em praia de Saquarema/RJ Agentes do Corpo de Bombeiros trabalham nas buscas pelo menino de cinco anos que desapareceu depois de ser arrastado pelo mar neste domingo (21) na Prainha, em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio. De acordo com os bombeiros, o menino estava em uma pedra junto com o pai quando os dois foram surpreendidos e levados pela água.

Os bombeiros foram acionados pela Prefeitura. O pai foi resgatado por guarda-vidas e levado para o Hospital Municipal Nossa Senhora de Nazareth.

De acordo com a unidade de saúde, o paciente recebeu medicação, passou por avaliação médica e não precisou ficar internado.

Os bombeiros e equipes do Salvamar de Saquarema continuam os trabalhos de buscas e usam moto aquática, equipes de mergulho e um quadriciclo.

A Prefeitura informou que o local está totalmente sinalizado, com placas informativas de pedras escorregadias, bandeira vermelha e faixas informando sobre a ressaca do mar.

A ressaca no litoral do Rio de Janeiro também causou transtornos em Cabo Frio. Nesta segunda, o mar continuou avançando na cidade.

Ainda em Saquarema, um robô submarino conhecido como ROV, equipamento que é operado remotamente, foi arrastado pela força da ressaca até a Praia de Barra Nova, na quinta-feira (18).

A Marinha renovou o alerta de ressaca para a orla do Rio de Janeiro. Até esta terça-feira (22) pela manhã, ondas de até 3 metros de altura devem atingir as praias cariocas. Praias que costumam ser tranquilas como a Urca, Botafogo e Flamengo, estão com ondas que chegam até a pista e fazem a alegria de surfistas, mas deixam os salva-vidas apreensivos e alertas.