Ministério da Saúde lança ações de apoio para enfrentamento da Covid-19 no Amazonas O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, estará em Manaus nesta segunda-feira (11) para a apresentação de ações de reforço ao plano de contingência para enfrentamento da Covid-19 no estado do Amazonas. As iniciativas serão anunciadas às 9h no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques com a presença de todos os secretários do Ministério da Saúde, do governador do Amazonas, Wilson Miranda Lima, do prefeito de Manaus, Davi Miranda, e demais autoridades locais.

O objetivo do Ministério da Saúde é reforçar os atendimentos no Sistema Único de Saúde (SUS) frente ao cenário epidemiológico de Manaus. Entre as ações da pasta, estão a reorganização do atendimento nos postos de saúde e hospitais, o recrutamento de profissionais de saúde e a abertura de leitos de UTI, além do envio de equipamentos, insumos e medicamentos.

Manaus também será palco de um projeto-piloto que irá testar um novo método científico na Atenção Primária à Saúde (APS) para detectar casos de Covid-19. Por um aplicativo de celular - batizado de TrateCOV, profissionais de saúde irão utilizar um protocolo clínico para fazer um diagnóstico rápido da doença nos postos de saúde, através de um sistema de pontos que obedece rigorosos critérios médicos.

Pela tarde, está prevista uma solenidade de entrega de leitos de 10 UTIs e 118 Leitos Clínicos-científico no Hospital Universitário Getúlio Vargas.

Avanço da Covid-19
O Amazonas voltou a bater o recorde de internações diárias por Covid-19 no sábado (09). Foram 235 novas hospitalizações no Estado, número mais alto desde o início da pandemia, mesmo com o colapso na rede de saúde, vivido entre abril e maio de 2020. Desse total, somente em Manaus foram 228 novas internações.

Segundo o boletim divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde no sábado, o número de mortes subiu para 5.669, com mais 54 óbitos provocados pela doença.



Siga-nos