Oscar Magrini deixa a Globo após 30 anos para viver Noé em novela da Record

Com estreia confirmada para o dia 19 de janeiro na Record TV, a novela Gênesis trará em seu elenco mais de 200 atores. Entre eles o experiente Oscar Magrini (59), que abriu mão dos seus 30 anos de TV Globo para viver Noé. O ator se diz profundamente emocionado com o convite do diretor Edgard Miranda. "Eu sou cristão, convertido há 18 anos, pela bênção de Deus", revela.

Magrini começou a carreira como figurante em Rainha da Sucata (1990) até ganhar a primeira chance em Deus Nos Acuda (1992) na emissora da família Marinho. O seu último trabalho por lá foi uma participação especial em A Dona do Pedaço (2019), como o marido de Gretchen.

Agora ele vive a experiência de interpretar o escolhido para recomeçar a história do mundo no folhetim de Camilo Pellegrini. "Essa história é muito bonita. Ainda mais com esse personagem tão maravilhoso e icônico, que é um homem justo aos olhos de Deus", avalia o ator em divulgação da Record enviada na sexta-feira (08).

O artista confessa que fica arrepiado só de lembrar das gravações em Cambará do Sul (RS), lugar onde foram gravadas as sequências em que o protagonista enfrenta o dilúvio a bordo da mítica embarcação. "[A cidade] Tem cânions com 1.000 metros de altura. Um lugar lindo, uma coisa maravilhosa", aponta Magrini.

Os efeitos especiais vão inserir no cenário real também as cenas que foram rodadas nos estúdios da emissora no Rio de Janeiro. "A Record fez uma arca fantástica. Imensa, com 30 metros de altura, que seriam dois ou três andares, de comprimento. Não economizou nem um pouco para fazer uma coisa de última geração", elogia. Magrini, inclusive, está ansioso para ver na TV o momento em que Noé enfrenta a revolta da população, na qual tentam invadir a nau para escapar da punição divina. "Nenhuma cena é fácil, porque tem que fazer o melhor, mas essa eu me emociono só de falar. A água vai enchendo aquele cânion, e a arca começa a levantar", relembra a gravação.

"É uma coisa emocionante ver as pessoas gritando, querendo salvar suas vidas, não acreditaram em Deus, e ele acabou com a humanidade", complementa o ator.

Números grandiosos
Além do grande elenco, Gênesis impressiona em todos os seus números. A produção movimenta cerca de 8.500 figurantes e 1.040 dublês.

A cidade cenográfica, dividida em vários núcleos, ocupa um total de 11 mil metros quadrados, com 16 construções externas e 66 cenários nos estúdios.


Os mais de 200 atores estarão distribuídos entre as sete fases da trama: Jardim do Éden, Arca de Noé, Torre de Babel, Ur dos Caldeus, Jornada de Abraão, Jacó e José do Egito.