Calçadão de Campo Grande, no Rio, ganha nome de Bispo Daniel Malafaia Um dos centros comerciais mais movimentados do Rio de Janeiro, o Calçadão de Campo Grande foi batizado pela Prefeitura com o nome do Bispo Daniel Malafaia, líder da Assembleia de Deus Nação Madureira, morto no último dia 12, vítima da Covid-19.

A homenagem foi publicada na quarta-feira (30) no Diário Oficial do Município.
Antes da prisão, o então prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) chegou a publicar um decreto mudando o nome da Estrada do Cabuçu, em Campo Grande, para Estrada Bispo Daniel Malafaia. Mas o prefeito em exercício Jorge Felippe (DEM), que assumiu no dia 22, revogou o decreto. Agora, decidiu homenagear o líder religioso no calçadão do bairro onde fica a igreja que foi liderada por Daniel Malafaia durante 27 anos.

Foi em 29 de junho de 1993, 23 anos depois, que a igreja ADCG – Ministério de Madureira, na época com 34 congregações, foi assumida pelo então Bispo Daniel Malafaia, sempre ladeado por sua fiel esposa, a então Missionária Jemima Malafaia. Outros 27 anos se passaram e a ADCG – Ministério de Madureira, sob a liderança do Bispo Daniel Malafaia e da Bispa Jemima Malafaia, cresceu tanto que hoje conta com mais de 120 congregações, além de trabalhos missionários e sociais mantidos ao redor do mundo.