Argentina é o quarto país da América Latina a iniciar vacinação contra a Covid-19

A Argentina iniciou na manhã desta terça-feira seu programa de vacinação contra a Covid-19. É o primeiro país do Ocidente a aplicar fora dos testes a vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia.

O país recebeu 300 mil doses iniciais do imunizante na última semana e prevê entrega total de 25 milhões de doses. Segundo as autoridades russas, a Sputnik V apresentou 91,4% de eficácia nos testes de fase 3. Os resultados ainda não foram revisados nem publicados em revista científica.

No último sábado (26), o Ministério da Saúde da Rússia autorizou a aplicação da vacina em maiores de 60 anos. A imunização em massa já havia começado no país, mas focava profissionais da linha de frente e soldados.

Além da Argentina, o México, o Chile e a Costa Rica são os outros países da América Latina a iniciarem a vacinação contra a Covid-19. Os últimos três, no entanto, estão aplicando o imunizante da Pfizer/BioNTech.