Metrô do Rio vai fechar durante o Réveillon

O governo do estado do Rio de Janeiro decidiu interromper a circulação dos trens das três linhas do metrô durante o Réveillon. Essa é mais uma medida de restrição a aglomerações.

Após proposta do governador em exercício, Cláudio Castro, o prefeito em exercício do Rio, Jorge Felippe (DEM) já havia determinado o fechamento do bairro de Copacabana, onde a circulação será restrita a moradores na noite do dia 31 e madrugada do dia 1º.

Para garantir o acesso ao bairro, o metrô costumava funcionar, desde 1999, em sistema de escalonamento por hora, limitando o número de passageiros a fim de evitar a superlotação dos trens. Neste ano de pandemia, a festa na praia foi cancelada.