Impeachment de Witzel: Tribunal ouve testemunhas hoje; depoimento do governador é suspenso

O Tribunal Especial Misto constituído para julgar o processo de impeachment de Wilson Witzel vai ouvir mais testemunhas nesta segunda-feira (28). O depoimento do governador afastado foi suspenso.

A oitiva de Wilson Witzel foi suspensa pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Superior Tribunal Federal), que decidiu no sábado (26) que o governador afastado só poderá ser ouvido após o acesso de todos os documentos pela defesa.

"O interrogatório somente poderá ser realizado após a defesa ter acesso a todos os documentos remetidos pelo Superior Tribunal de Justiça, com prazo mínimo de 5 (cinco) dias entre o acesso integral e o ato processual, bem como após a complementação da oitiva da testemunha Edmar José Alves do Santos" - decidiu o ministro.

Seis pessoas serão ouvidas nesta segunda, entre elas o ex-secretário de Saúde Alex Bousquet e o ex-secretário de Defesa Civil, Roberto Robadev. Também prestarão depoimento a ex-subsecretária Mariana Scardua; o assessor de Witzel, Valter Alencar Pires Rabelo; Roberto Rodabey Júnior; o empresário Édson Torres; e o assessor de Mariana Scardua, Luiz Octávio Martins Mendonça.