Turistas têm até 72h para sair de Búzios Os turistas que estão em Búzios, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, têm até 72 horas para deixar a cidade. Uma determinação da justiça proferida ontem (16), exige que Búzios volte para a Bandeira Vermelha de combate à covid-19. Com isso, os hotéis e pousadas estão proibidos de fazerem novas reservas. A medida é por tempo indeterminado. A decisão, da 2ª Vara de Búzios, vale a partir de hoje.

A decisão judicial também atinge as praias do município, que devem ser fechadas. Apenas moradores e pessoas que trabalhem em Búzios poderão entrar na cidade.

Além disso, restaurantes só poderão funcionar com entregas e apenas o comércio essencial (como mercados, farmácias, lojas de animais etc) poderá seguir funcionando, ainda assim limitando o acesso de consumidores a 30% da capacidade da loja.

Além da paralisação do setor turístico, a prefeitura de Búzios deverá retomar as medidas de restrições. De acordo com a Justiça, o decreto municipal de março, que prevê isolamento social mais rígido, deve voltar a vigorar até o fim de dezembro ou até que o município cumpra as exigências sanitárias e administrativas estabelecidas no Termo de Ajustamento de Conduta firmado pelo município com a Defensoria Pública em junho, e que não foi cumprido até o momento.

A prefeitura de Búzios informou que seguirá a determinação judicial enquanto analisa um eventual recurso.

Siga-nos