Primeira pessoa é vacinada nos Estados Unidos. País quer imunizar 100 milhões até março

Os Estados Unidos da América (EUA) iniciaram na manhã desta segunda-feira a vacinação contra a Covid-19. Sandra Lindsay, enfermeira do Centro Médico Judaico de Long Island, foi a primeira pessoa – não oficialmente - a receber uma dose da vacina da Pfizer/BioNTech, no estado de Nova Iorque.

O evento simbólico contou com a presença do governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, que disse à enfermeira: “o que você faz todos os dias é o que faz um herói”. Os EUA seguem o Reino Unido como segundo país ocidental a iniciar a vacinação em massa. Os britânicos também começaram na semana passada, a aplicar doses do imunizante da Pfizer,

Em rede social, o presidente americano, Donald Trump, comemorou o feito:

“Primeira vacina administrada. Parabéns EUA! Parabéns MUNDO!”

País espera imunizar 100 milhões até março

Os Estados Unidos têm acordo com a Pfizer e a Moderna, desenvolvedoras das duas vacinas de mRNA mais promissoras contra a Covid-19 até aqui, ambas com eficácia de 95%. Com isso, o país espera imunizar 20 milhões de pessoas ainda neste mês de dezembro e mais 80 milhões até o mês de março de 2021.

Se o objetivo for cumprido, os EUA terão imunizado quase um terço de seus cerca de 328 milhões de habitantes ao fim do primeiro trimestre do ano que vem.


Siga-nos