EUA se preparam para vacinar população a partir desta segunda-feira (14) Funcionários da Pfizer chegaram a aplaudir quando os primeiros lotes da vacina deixaram a fábrica em Michigan, nos Estados Unidos, neste domingo (13).

De lá, os caminhões com as vacinas seguem para 145 centros de distribuição do país, segundo o exército americano.

No sábado (12), o governo norte-americano anunciou, que iniciará o processo de vacinação da população na segunda-feira (14).

A medida vem depois de a FDA (Food and Drug Administration) –órgão equivalente à Anvisa – aprovar o uso emergencial da vacina das farmacêuticas Pfizer e BioNTech.

O início da imunização foi anunciado pelo general do Exército Gustave Perna, chefe da operação de vacinação norte-americana.

“Hoje é realmente um dia histórico. Por 7 meses nós realizamos a maior parceria público-privada dos tempos modernos”, afirmou Perna. Ele ainda citou o esforço coletivo de pesquisadores, cientistas, médicos e “muito outros trabalhadores” pelo mesmo propósito, de salvar vidas e acabar com a pandemia.

Essas primeiras doses foram agrupadas em caixas com gelo seco, que devem manter a temperatura das vacinas a -70 ºC.

Um grupo independente de especialistas ouvidos pela FDA recomendou a aplicação da vacina para pessoas maiores de 16 anos. Pacientes com alergias graves deverão evitar esse imunizante, depois que casos de reação foram registrados nos Reino Unido.