Raquel Dodge manifesta total apoio à Operação Lava Jato

Após cobranças internas, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recebeu nessa terça-feira (16), em Brasília, o coordenador da Força Tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, e outros 7 procuradores em sinal de apoio à Operação.



Na reunião a portas fechadas, foram discutidos os recentes vazamentos pelo site The Intercept Brasil de supostos diálogos atribuídos a procuradores da Lava Jato e o então juiz federal Sergio Moro.



A Procuradoria-Geral da República também confirmou nesta terça a saída do coordenador do grupo de trabalho da operação Lava Jato na PGR, José Alfredo de Paula, do cargo.



O encontro com os procuradores ocorreu em um momento em que Dodge busca a recondução ao cargo. O mandato dela acaba em setembro.



As conversas, divulgadas pelo site The Intercept Brasil, mostram suspeita de conluio entre a equipe de procuradores e o ex-juiz da Lava Jato e atual ministro da Justiça, Sergio Moro. Os citados têm negado irregularidades e afirmam não ser possível garantir que as mensagens, trocadas por meio do aplicativo Telegram, sejam autênticas.