Flordelis faz homenagem a Anderson do Carmo Nesta terça-feira (16) faz um mês que o pastor Anderson do Carmo foi assassinado dentro da própria casa, em Pendotiba, Niterói. A deputada federal e pastora Flordelis publicou fotos e mensagens para homenagear o marido.

"Minhas fotos ao lado dele foram sempre felizes e sorrindo... infelizmente, hoje dói! Dói a dor da perda, a dor da saudade, a dor da falta que ele me faz. UM MÊS SEM MEU NIEL! Te amarei eternamente!", escreveu a pastora. 

Dois filhos do casal estão presos suspeitos de participação no caso: Lucas Cezar dos Santos Souza, de 18 anos e Flávio dos Santos Rodrigues, de 38. Lucas é adotivo e Flávio é filho biológico apenas de Flordelis.

Confronto balístico do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) apontou que a arma apreendida na casa da deputada foi utilizada para matar o pastor. O laudo está pronto e anexado no inquérito. A pistola 9mm foi encontrada no quarto de Flávio, dois dias depois do crime.

Exames feitos também pelo instituto apontaram que os cachorros da família não foram dopados horas antes da morte de Anderson. A hipótese foi levantada no início das investigações pela polícia porque os animais não latiram no momento do crime, o que chamaria a atenção dos vizinhos. Esse laudo também já está pronto e anexado às investigações.

A Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Rio aguardam uma decisão do ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), para saber se poderão ou não investigar a deputada federal.

Será a decisão de Toffoli, sobre a imunidade parlamentar de Flordelis, que dará um norte à definição do caso. A expectativa é que o resultado seja divulgado ainda nesta semana.