Ator Eduardo Galvão morre aos 58 anos de Covid-19

O ator Eduardo Galvão morreu na noite desta segunda-feira (7), aos 58 anos, devido a complicações causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada por amigos e familiares nas redes sociais.

O ator estava internado desde o fim de novembro em um hospital particular na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ele chegou a ser levado para a UTI após ser diagnosticado com 50% dos pulmões comprometidos. O artista participou de dezenas de novelas ao longo da carreira, entre elas Apocalipse (2017), da Record TV. O último trabalho dele na televisão foi em Bom Sucesso, da TV Globo, em 2019.

Na mesma emissora, participou do programa Caça Talentos (1996) ao lado de Angélica. Também ficou conhecido por sua atuação na série Um Menino Muito Maluquinho (2006), da TVE, no papel de Pedro, pai do personagem principal.

A apresentadora Angélica usou seu Instagram para falar do ator, com quem atuou na série Caça Talentos (1996-1998).

"Poxa @galvaoeduardooficial eu não consigo acreditar que essa doença te levou da gente... tá muito difícil. Precisamos tanto da sua leveza, alegria, liberdade e carinho nesse mundo!! Era sempre tão bom te encontrar, você foi um presente lindo que a fada Bela me deu uma parceria linda, mágica, Artur e fada Bela, eu e você", começou ela, citando Artur e fada Bela, personagens que eles interpretaram no programa.