Arqueólogo revela possível significado de inscrição em altar pagão de igreja em Israel Arqueólogos em Israel estão analisando o significado de uma inscrição em um templo dedicado a uma amálgama dos deuses gregos Pã e Zeus sob uma igreja cristã datada de 400 d.C, segundo o jornal The Jerusalem Post.

O altar foi construído pouco antes do início da Era Cristã, e contém uma inscrição em grego dizendo: "Ateneu, filho de Sosipatro de Antioquia, está dedicando o altar ao deus Pã Heliopolitano. Ele construiu o altar usando seu próprio dinheiro no cumprimento de um voto que fez".

A mensagem está sendo estudada por dr. Avner Ecker, da Universidade Bar-Ilan, Israel, da Universidade de Bar-Ilan, Ramat Gan. Segundo citado pelo jornal Haaretz, a mensagem pode ser explicada como Ateneu agradecendo a Pã por ter conseguido viajar de Antioquia até Banias.

De acordo com Adi Erlich do Instituto Zinman de Arqueologia, Universidade de Haifa, Israel, que dirigiu a escavação do local com o professor Ron Lavi, a combinação de Pã com Heliopolitano, um nome normalmente associado a Zeus, e a origem do doador da distante Antioquia, cerca de 400 quilômetros ao norte, localizada no que hoje é a fronteira entre a Turquia e a Síria, indica que o sítio foi visitado por peregrinos vindos de longe.

Ela explicou a razão pela qual os deuses gregos eram adorados séculos depois que os romanos entraram no local: "Aqui eles adoravam Afrodite, não Vênus, por exemplo."

A igreja, uma das mais antigas já encontradas, era importante para os primeiros cristãos, segundo Erlich.

"Este lugar teria tido um enorme significado para os cristãos da era bizantina, que acreditavam que foi ali que Jesus disse a Pedro: 'Dar-te-ei as chaves do reino dos céus'", disse Erlich.


*Sputnik News