Moscou começa a vacinar a população neste sábado (05)

Moscou lançou hoje (04) um serviço online para marcação da vacinação contra a Covid-19. O processo de imunização na capital russa, iniciado recentemente junto aos militares, agora será estendido à população civil. Segundo o presidente Vladimir Putin, a vacina Sputnik V será aplicada em grande escala.

O imunizante fabricado na Rússia recebeu aprovação regulatória, apesar de os ensaios clínicos estarem incompletos. Segundo o governo russo, ensaios provisórios mostraram que ela tem eficácia de 92% na proteção de pessoas contra a Covid-19.

Ao todo, dez vacinas estão sendo desenvolvidas na Rússia, de acordo com o departamento de saúde russo.

O site da prefeitura de Moscou informa que a vacinação será gratuita e ocorrerá em 70 pontos da cidade, a partir deste sábado. Inicialmente serão vacinados assistentes sociais, médicos e professores com idade entre 18 e 60 anos, de instituições públicas e privadas.

Durante a fase de testes, mais de 20 mil pessoas em Moscou receberam a vacina Sputnik V. Dessas, 273 adoeceram, segundo a administração pública local.

A Rússia tem mais de 2,4 milhões de infectados com o coronavírus, o país só fica atrás dos Estados Unidos, da Índia e do Brasil em número de casos, tendo registrado 42.176 mortes desde o início da pandemia.