Pastores e cantores gospel também entram na brincadeira do envelhecimento precoce

No fim de semana as redes sociais foram invadidas por idosos. Pessoas envelheceram 10, 20, 30 anos com o uso de um aplicativo para fotos. As imagens foram compartilhadas de formas criativas e até educativas. Pastores e cantores gospel também entraram na brincadeira.



O pastor Josué Valandro Júnior, líder da Igreja Batista Atitude, aproveitou o sucesso das postagens para deixar uma reflexão aos seus seguidores. Ao publicar o resultado do app em sua foto, ele escreveu:



“A vida passa! Façamos o que podemos enquanto há tempo!”



Algumas mulheres foram mais cautelosas com o que o app pode mostrar sobre a ação do tempo em seus rostos. A cantora Eyshila ficou de fora da nova moda das redes sociais, mas não deixou de comentar, usando uma foto jovem e bem maquiada:



“Essa sou eu 46 anos depois de nascida, 23 anos depois de casada, 21 anos depois que pari o primeiro filho, 20 anos depois que pari o segundo, declaradamente a favor do botox, da maquiagem e do filtro solar. Ah, dependendo da luz, também faço uso dos filtros dos aplicativos. Agora, esse "filtro do envelhecimento"? Tô fora! Basta a cada dia o seu mal.”



Fernanda Brum expos aos seus seguidores o resultado da sua foto, também sem problemas de revelar sua idade e ainda indicando a esteticista que cuida da sua beleza. “Eu aqui com meus vinte anos só que 42... rs entrei na onda do futuro... distante, né gente? (kkkk) Só uma observação...rs: envelhecer faz parte, mas a @drafabianavalera tá aí pra dar uma amenizada...”



O líder da Comunidade Batista do Rio, pastor Pedrão, compartilhou seu resultado, mas o reprovou: “Não é por nada não, viu? Mas acho que eu vou ser um velhinho bem mais enxuto que isso ai!”, comentou com gargalhadas.



O app responsável pela onda de envelhecimento precoce é o FaceApp o programa está disponível para AppStore ou Google Play e possui aproximadamente 25 filtros divertidos, entre eles colocar maquiagem, barba, mudar comprimento do cabelo, adotar franja ao visual, rejuvenescer e, a nova mania: se ver como um idoso. Mas apenas poucas ferramentas são gratuitas.