No Dia Nacional de Combate ao Câncer, Brasil deve registrar quase 2 mil novos casos da doença

No Dia 27 de novembro, o Brasil comemora o Dia Nacional de Combate ao Câncer. Segundo estimativa do Inca (Instituto Nacional do Câncer), o país deve registrar 625 mil novos casos por ano até 2022. O número equivale a cerva de 1,7 mil casos por dia.

Os diferentes tipos de câncer matam 9,6 milhões de pessoas por ano, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). A maioria dos tumores está relacionada a causas hereditárias, mas maus hábitos tais como o tabagismo, o sedentarismo e a má alimentação estão relacionados a um terço das mortes evitáveis por câncer.

Outros cuidados importantes no combate ao câncer são o uso regular de filtro solar, contra o câncer de pele, e a realização de exames periódicos para o diagnóstico precoce, que aumenta as chances de cura. Mas o número de exames caiu durante a pandemia.

No Hospital do Coação (HCor), em São Paulo, o número de consultas oncológicas caiu pela metade entre os meses de março e setembro de 2020 quando comparados ao mesmo período de 2019. As mamografias, para diagnóstico do câncer de mama, caíram 46%, e os testes PSA (Antígeno Prostático Específico), que auxiliam na detecção do câncer de próstata, tiveram uma queda de 41%.