Corpo de Maradona é velado na Casa Rosada

O governo da Argentina declarou luto oficial de três dias após a morte do maior jogador da história do país, Diego Armando Maradona. O corpo está sendo velado na Casa Rosada, a sede da presidência argentina em Buenos Aires. Cerca de 1 milhão de pessoas devem participar do funeral.

O corpo de Maradona chegou ao Palácio Presidencial no início da madrugada. Familiares, amigos mais próximos e jogadores campeões mundiais em 1986, no México, estão no complexo.

O velório ocorre na mesma capela onde foi velado o ex-presidente argentino Néstor Kirchner, que morreu há 10 anos.

Os últimos momentos

Segundo o médico John Broyad, responsável pela investigação da morte, Maradona morreu em sua residência em Tigre, região metropolitana de Buenos Aires, por volta do meio-dia e, às 16h, a polícia científica chegou ao local. Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Maradona estava ansioso, deprimido e angustiado nos últimos dias. O craque também estava decepcionado por não ter conseguido reunir no último aniversário (30 de outubro) todos os seus filhos: Dalma Nerea, Gianinna Dinorah, Jana, Diego Fernando e Diego Jr. além do neto Benjamín Agüero, filho de "Kun" Agüero.

Além das três filhas e dois filhos, Maradona deixa uma legião de fãs no mundo inteiro.