Globo é condenada por tribunal de São Paulo a indenizar primeira vencedora do “Caminhão do Faustão”

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) condenou a TV Globo a indenizar a primeira ganhadora do quadro “Caminhão do Faustão” em R$ 65,6 mil. A atração estreou em 1989 no programa do apresentador Fausto Silva, o Faustão. A informação é do colunista do UOL Rogério Gentile.

Em 2015, no aniversário de seus 50 anos, a Globo decidiu presentear o primeiro ganhador do “Caminhão do Faustão”, mas errou o vencedor. O mecânico de barcos Fernando Jacometti foi o homenageado, mas Isabel Guedes Secco conseguiu provar na Justiça de São Paulo que foi ela a primeira ganhadora do prêmio e que, portanto, é a "legítima merecedora dos prêmios”.

A Globo alegou que, na verdade, não tinha a intenção de homenagear o primeiro ganhador da atração, mas um dos primeiros, sendo Fernando o escolhido devido a sua “emocionante trajetória pessoal e de interesse coletivo”. Mas na decisão, o TJ-SP levou em conta que Fausto Silva se referiu ao mecânico cinco vezes como "o primeiro ganhador do Caminhão do Faustão" em seu programa, assim como uma postagem do site da emissora. 

Na época, Fernando recebeu um carro e equipamentos novos para o seu trabalho. A Justiça determinou que a TV Globo entregue à Isabel os mesmos bens ou o valor equivalente, corrigido pela inflação, de R$ 65,5 mil. A emissora está recorrendo da decisão.