Zezé di Camargo fala em

Francisco José de Camargo, de 83 anos, morreu na noite desta segunda-feira (23), depois de ficar 14 dias internado em um hospital de Goiânia/GO. Ele era pai da dupla sertaneja Zezé di Camargo & Luciano. O velório está marcado para às 17h de desta terca-feira (24).

Francisco Camargo estava internado em um hospital particular de Goiânia há duas semanas, desde que sentiu dores na região do intestino e precisou passar por uma cirurgia de emergência de baixo risco para estancar um sangramento no intestino grosso.

Seu Francisco estava saindo da sedação após boa recuperação, mas veio a óbito na noite passada.

Por meio de nota, a assessoria de Zezé di Camargo e Luciano comentou o falecimento de Seu Francisco. Segundo o comunicado, “‘Seu’ Francisco se despede com a certeza de missão cumprida”. Ainda, a mensagem diz que “foi embora um homem simples, que deixou um grande exemplo de superação com um legado de honestidade!”.

Despedida

Em uma rede social, Zezé di Camargo publicou uma mensagem de despedida ao pai:

Nenhuma tristeza é pra sempre, como nenhuma felicidade é eterna. Prepara-te para aprender com a dor e viva intensamente o que Deus te deu de presente: “a vida” A lágrima que vem da alegria, é a mesma que vem da dor. O que muda é o contexto! Com sabedoria e numa conversa franca com Deus, não divirja, apenas aceite! Peço perdão pela tristeza que estou sentindo agora, porque sei que minha dor também é sua. Me perdoe pelo egoísmo de insistir que fique aqui, mas meu amor é tão grande, que me tira a sensatez, a lucidez e o entendimento, que a vida é assim! Mais uma vez me perdoe, por insistir que fique aqui. Te amo, meu pai!

Filhos de Francisco

Seu Francisco deixa a esposa, dona Helena Siqueira de Camargo e oito filhos, entre eles Mirosmar José (Zezé) de Camargo e Welson David de Camargo (Luciano). Outro filho, Emival Camargo, faleceu em um acidente de carro no ano de 1975. Ele foi a primeira dupla de Zezé. Seu Francisco também deixa dez netos 

A história foi contada no longa “2 Filhos de Francisco” (2005), onde conhecemos a trajetória de luta de Seu Francisco para emplacar os filhos no cenário da música sertaneja, em meio aos desafios da mudança de Pirenópolis, no interior de Goiás, para Goiânia, capital do estado.