Ataque terrorista deixa 26 mortos na Somália Pelo menos 26 pessoas morreram e 56 ficaram feridas em um ataque de islamistas shebab a um hotel da cidade portuária de Kismayo, no sul da Somália neste sábado (13).

Em uma entrevista coletiva, o presidente do país, Ahmed Madobe, declarou a nacionalidade das pessoas que morreram.

"Entre os mortos há estrangeiros: três quenianos, um canadense, um britânico, dois americanos e três tanzanianos. Também há dois cidadãos chineses feridos", explicou Madobe.

A ação durou quase 12 horas. O ataque começou na tarde de sexta-feira (12), quando um carro-bomba explodiu na entrada do hotel Medina, no centro de Kismayo . O ataque terminou neste sábado pela manhã. Entre os mortos estão estrangeiros, jornalistas, políticos e um ex-ministro.