Homem que batia na própria avó é preso no Rio Imagens da câmera do elevador de um prédio no Leblon, Zona Sul do Rio, levaram a Justiça a aceitar o pedido de prisão preventiva contra Matheus Luz, de 21 anos, acusado de agredir a avó de 76 anos. A Polícia Civil prendeu o agressor neste sábado (21). Em depoimento, Matheus confessou os maus- tratos e ainda disse que costumava queimar Maria Stela Vasconcelos da Silva, com pontas de cigarro. Ele vai responder pelos crimes de lesão corporal com violência doméstica, discriminação e humilhação à pessoa idosa.

No vídeo, Matheus aparece jogando água sobre a avó. Na sequência, ele se irrita e esmurra o painel do elevador.

Em uma outra gravação, ele dá um chute na hora de deixar o elevador e ainda tenta dar um pontapé em um menino.

Vizinhos que denunciaram os maus-tratos contaram que Maria Stela costumava passar boa parte do dia sentada na portaria do prédio, para evitar as agressões dentro de casa.

Segundo as investigações, Matheus também batia na cabeça da avó com uma garrafa e chutava a idosa.

De acordo com a polícia, o homem não trabalha, e a avó é quem o sustenta com o valor recebido de sua pensão. Um dos moradores do prédio disse que a idosa aparecia constantemente com lesões pelo corpo, porém alegava que havia sofrido uma queda.

A polícia afirma que Matheus tem histórico de delitos semelhantes e já praticou outros crimes previstos no Estatuto do Idoso contra a avó, em 2017, e uma lesão corporal contra a mãe, em 2019.

Siga-nos