Governo de SP prorroga quarentena após aumento nas internações por Covid-19

O governador de São Paulo, João Dória, assinou nesta terça (17) decreto que prorroga as medidas restritivas no estado até 16 de dezembro. A extensão da quarentena, que já foi bem mais rígida, vem depois de o governo admitir que houve um aumento nas internações de pacientes com Covid-19 no estado.

As medidas, no entanto, não sofrerão mudanças, ou seja, não ficarão mais ou menos rígidas, pelo menos até o dia 30 de novembro. Mas segundo o secretário de Saúde do estado, Jean Gorinchteyn, isso pode ser reavaliado: “Se nós tivermos índices aumentados, seguramente, medidas muito mais austeras e restritivas serão realizadas no sentido de continuarmos a garantir vidas. É assim que o faremos”.

Na última semana, houve aumento de 18% dos casos suspeitos e confirmados em São Paulo, em relação à semana anterior, com elevação também da média móvel de novas internações de 859 para 1009. O governo estadual negava o cenário até a última semana.

Em todo o estado, já foram confirmados 1.169.377 casos de Covid-19 desde o início da pandemia. No total, 40.576 pessoas morreram da doença.


Siga-nos