Publicidade

Bolsonaro recebe Bancada Evangélica O presidente Jair Bolsonaro (PSL) recebeu nesta quinta-feira (11) deputados e senadores da Bancada Evangélica para um café da manhã no Palácio do Planalto.

O encontro ocorreu após aprovação expressiva em primeiro turno do texto base da Reforma da Previdência e de o presidente reforçar o desejo de ter um ministro “terrivelmente evangélico” no Supremo Tribunal Federal (STF).

O deputado João Campos (PRB-GO), que participou do café, disse que o presidente agradeceu o apoio dos parlamentares à reforma.

Bolsonaro estava acompanhado dos ministros Jorge Oliveira (Secretaria-Geral) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo). Responsável pela articulação política do Planalto, Ramos é evangélico.

Apesar de ser católico, o presidente tem como sua ajudadora a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, evangélica, membro da Igreja Batista Atitude.

Por apoiar uma agenda conservadora, alinhada aos preceitos bíblicos, Bolsonaro é majoritariamente apoiado por políticos evangélicos.

Segundo o deputado João Campos, os evangélicos aproveitaram o momento com o presidente para garantir o compromisso da indicação de um representante do segmento no STF. Bolsonaro então teria garantido a efetivação desta indicação, sem mencionar nomes.