Arqueólogos de Israel desenterram moedas de ouro do século X em Jerusalém

Um grupo de arqueólogos israelenses encontrou um jarro com quatro moedas de ouro em Jerusalém que datam de 1 mil anos atrás. A descoberta foi feita no Bairro Judeu da Cidade Velha, em Jerusalém, pela Autoridade de Antiguidades de Israel.

O inspetor Yevgenia Kapil descobriu o jarro em outubro e deixou a análise nas mãos do diretor de escavações, David Gellman. Realizada a limpeza do material, Gellman se disse extremamente animado com o que viu: “Para minha grande surpresa, junto com o solo, havia quatro moedas brilhantes de ouro. É a primeira vez na minha carreira de arqueólogo que eu acho ouro, e isso é extremamente animador.” – disse.

O Dr. Robert Kool, especialista em moedas da Autoridade de Antiguidades de Israel, explicou que as moedas datam do final da década de 940 d.C. até 970 d.C. Segundo ele, esse foi um período de mudanças políticas radicais na região. Na época, a Terra Santa estava sob domínio do povo islâmico.

Segundo o especialista, as moedas de ouro encontradas estavam em ótimo estado de preservação e o valor das quatro juntas equivalia a uma “quantidade significativa de dinheiro”, representando um salário mensal de um oficial de menor escalão ou quatro meses de ganhos de um trabalhador comum da época.