Inteligência artificial detecta Covid-19 em assintomáticos somente pelo som da tosse

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) conseguiram desenvolver uma inteligência artificial (IA) capaz de detectar a Covid-19 através do som da tosse, mesmo em pessoas assintomáticas. Agora, eles estão desenvolvendo um aplicativo para o público geral.

A ideia é disponibilizar o recurso por meio de um aplicativo de celular, no qual qualquer pessoa poderia gravar um áudio tossindo e saber se está ou não infectado pelo novo coronavírus.

A IA foi testada em uma amostra de 200 mil tosses e teve sucesso no diagnóstico de 98% dos pacientes previamente testados como positivos para o Sars-cov-2. Dentre aqueles que tinham o coronavírus no organismo, mas estavam assintomáticos, o modelo conseguiu detectar a infecção em 100% dos casos.

Como é possível a detecção?

O algoritmo desenvolvido pelo MIT funciona graças a um processo de machine learning (aprendizado de máquina). Os pesquisadores alimentaram uma enorme base de dados com sons de tosse de pessoas com e sem Covid. Conforme a base vai crescendo, a IA passa a reconhecer padrões nos sons dos infectados e dos saudáveis e, quando a quantidade de informações é grande o bastante, o mecanismo consegue distinguir com precisão os novos sons aos quais é exposto.

Aliada no combate à pandemia

A iniciativa do MIT pode ser uma grande aliada no combate à pandemia de Covid e na flexibilização da circulação nas cidades. Um dos grandes problemas dessa pandemia, é que as pessoas infectadas com o coronavírus transmitem a doença mesmo quando assintomáticas, o que dificulta seu rastreio. Com uma detecção precoce, quem for acometido pode se isolar e evitar a disseminação do vírus.