Antes de se matar, ator de Thor disse nas redes sociais que não foi O ator de Hollywood Isaac Kappy, de 42 anos, cometeu suicídio ao se jogar da ponte Transwestern Road, localizada no Arizona. Na queda, ele ainda foi atropelado por uma picape em alta velocidade.



Isaac Kappy ficou conhecido no mundo do cinema depois de atuar nos longas “O Exterminador do Futuro: A Salvação” (2009) e “Thor” (2011). Ele também se envolveu em polêmicas ao longo da carreira, entre acusações de machismo e pedofilia.



Antes de tirar a própria vida, no entanto, ele escreveu uma carta em seu Instagram, refletindo sobre “não ter sido um homem bom durante esses últimos períodos”. Pediu que as pessoas enxergassem o melhor uma das outras, e rogou perdão a Jesus Cristo, alguém que ele disse ter “decepcionado”.



A carta é uma espécie de confissão e pedido de perdão:



Eu usei as pessoas por dinheiro, eu traí muitas pessoas e a confiança delas. Eu vendi drogas. Eu cometi sonegação de impostos. Eu tenho dívidas. Eu abusei do meu corpo com cigarros, drogas e álcool. Eu tenho sido abusivo com pessoas que me amaram, incluindo minha família. Eu esperei ajuda sem me dedicar aos esforços de me ajudar. Eu usei dinheiro para jogos de azar e perdi, ao invés de usar para comprar presentes. (trecho traduzido)