Publicidade

Após pensar em suicídio, italiano se converte diante do computador

A Itália ganhou mais 10 novos irmãos em Cristo no domingo (07). O Pr. Caio Bottega, missionário da Junta de Missões Mundiais na cidade de Treviso, batizou cinco italianos, quatro brasileiros e um equatoriano nos Alpes italianos, na localidade de Tramonti di Sopra. Todos começaram a ser discipulados em janeiro e finalmente agora tomaram a decisão de passar pelas águas, confirmando sua decisão de caminhar com Jesus. Entre os novos irmãos em Cristo, o testemunho de um jovem que chegou a pensar em tirar a própria vida impactou a igreja local. “Esse italiano, de 29 anos, divorciado, certo dia entrou em uma grande crise. Mas certo dia conheceu a Deus ouvindo uma mensagem bíblica na internet. Bottega contou a sua igreja que, em 16 anos de ministério na Itália, nunca havia escutado testemunhos tão impactantes quanto os que ouviu destes novos irmãos. “Quando ele escutou aquela mensagem, recebeu uma direção de Deus sob o aspecto do perdão dos pecados. Ele confessou no testemunho que estava vivendo uma crise muito forte; e talvez até uma crise que levasse ao suicídio”, contou o pastor. O rapaz se converteu diante do computador, ouvindo uma mensagem sobre perdão. “Eu nunca soube o que era uma igreja. Não sabia o que era conversão. Eu nunca ouvi falar de arrependimento. Mas naquele momento, diante do computador, eu me ajoelhei, confessei todos os meus pecados a Deus e pedi para Ele entrar na minha vida”, disse o rapaz ao pastor. Na internet mesmo ele procurou o endereço de uma igreja evangélica onde pudesse conhecer mais sobre a Bíblia. “Ele colocou no Google “igreja batista verona” e a pesquisa retornou com o endereço de nossa igreja. Lá estava o meu número e ele me ligou”, conta Caio Bottega. O pastor lembra que naquele dia, nas “coincidências de Deus”, era um domingo em que ele iria pregar em Verona – sua igreja está presente em outras quatro cidades. O pastor marcou de se encontrar com esse rapaz. “Um rapaz brilhante, muito inteligente e com uma vida já restaurada. Ele trouxe um amigo para o batismo e está vivendo uma grande experiência de fé no Senhor”, diz o pastor. O pastor trabalha muito em seu ministério a questão da formação de líderes, crescimento da igreja e expansão no aspecto também geográfico. “Temos os pequenos grupos que se regionalizam e se multiplicam. Quando vemos que temos um grupo relevante, de 30 pessoas, ali nós criamos uma nova estrutura, uma nova sede, uma nova comunidade, uma nova igreja. Esse tem sido o nosso princípio”, explica o pastor. Ele atua em conjunto com mais dois pastores. Caio Bottega tem sido o mento, responsável por todos esses processos da igreja. Há ainda outro pastor que atua na área de formação de líderes e mais um na organização. “Tem sido fenomenal o modo com o trabalho tem crescido. É muito precioso”, diz o missionário.