Justiça ouvirá testemunhas do caso Flordelis em nova audiência marcada para o próximo dia 13

Está marcada para o dia 13 de novembro uma nova audiência do caso Flordelis. A justiça vai ouvir testemunhas de acusação e de defesa no âmbito do processo da deputada federal acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Flordelis, que é monitorada por tornozeleira eletrônica desde o dia 08 de outubro, foi intimada em dois endereços, no Rio de Janeiro e em Brasília, e também por telefone. A medida se deu pela dificuldade que os agentes de justiça enfrentaram quando precisaram intimar a parlamentar a colocar o equipamento, que agora ela faz questão de exibir nos cultos de sua igreja, em São Gonçalo.

Acusação

Flordelis é acusada de ser a mandante do assassinato do então marido, o pastor Anderson do Carmo. Ela teria envolvido sete filhos e mais um neto no crime. A deputada federal nega.

Como tem imunidade parlamentar e não houve flagrante, Flordelis não pode ser presa, mas corre na Câmara dos Deputados em Brasília um processo contra ela por quebra do decoro parlamentar que pode resultar em cassação do mandato.