Milagre: menina é resgatada após 4 dias soterrada

Uma menina de três anos soterrada sob os escombros foi resgatada com vida nesta terça-feira (03) no oeste da Turquia, quatro dias depois de um violento terremoto que deixou mais de 100 mortos na região, informou o prefeito da cidade de Izmir.

"Assistimos um milagre 91 horas depois. As equipes de resgate recuperaram com vida Ayda, de quatro anos", anunciou o prefeito, Tunc Soyer, no Twitter.



A menina foi retirada dos escombros entre aplausos, no distrito de Bayrakli, o mais afetado pelo terremoto da sexta-feira (30). Protegida por uma manta de sobrevivência de alumínio, a pequena Ayda Gezgin foi levada de maca até um hospital pelas equipes da Agência de Gestão Emergências e Desastres (AFAD). Em um vídeo compartilhado pelo ministro da Saúde é possível ouvir a menina pedindo comida aos socorristas. "Kofte e ayran", afirma Ayda, em referência ao prato de carne turco e a uma bebida a base de iogurte, muito popular na Turquia.



Um integrante da equipe, Ahmet Celik, acredita que a menina sobreviveu porque ficou presa entre dois aparelhos eletrodomésticos, o que a impediu de afundar completamente sob os escombros.

Na segunda-feira, as equipes de emergência conseguiram resgatar com vida duas meninas, de três e 14 anos, dos escombros de dois edifícios que desabaram na província de Izmir.

O balanço do tremor subiu para 105 mortos, anunciou a AFAD. O terremoto de 7 graus também deixou 994 feridos e 144 pessoas continuam hospitalizadas, de acordo com a agência governamental.



O tremor aconteceu na sexta-feira à tarde no Mar Egeu, ao sudoeste de Izmir, a terceira maior cidade da Turquia, e perto da ilha grega de Samos. Além das vítimas fatais na Turquia, o terremoto também provocou duas mortes em Samos, na Grécia.