Cidadão pode denunciar violência contra mulher e violações de direitos humanos pelo WhatsApp

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos apresentou nessa quarta-feira (28) um novo serviço para denúncia de violência contra mulher e violações de direitos humanos. Trata-se de um canal de atendimento no WhatsApp, que une os tradicionais Disque 100! E do Ligue 180.

Os serviços seguem funcionando por telefone, mas agora o cidadão poderá denunciar as violações pelo aplicativo. Basta enviar uma mensagem para o número (61) 99656-5008 e esperar a resposta automática. Uma equipe da central única dos serviços, então, fará o atendimento e a denúncia será analisada e encaminhada aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização em direitos humanos.

“Os violadores de direitos humanos se modernizaram. O mesmo ocorreu com nossos canais de atendimento. Isso não poderia ser diferente. Essa é mais uma ação que realizamos em parceria para dar um basta à violência no Brasil. Não vamos parar de trabalhar na prevenção e no combate a violações de direitos humanos, principalmente dos mais vulneráveis”, comentou a ministra Damares Alves.

As denúncias também podem ser feitas pelo site da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH). Os serviços são gratuitos e funcionam 24 horas por dia, incluindo os finais de semana e feriados. As denúncias são anônimas e os cidadãos recebem um número de protocolo para acompanhar seu andamento.



*Com informações do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

*por Gabriel Lobo sob supervisão de Marcia Pinheiro