Sobe para quatro o número de vítimas fatais após o incêndio que atingiu o Hospital de Bonsucesso

Uma idosa, de 73 anos, morreu na noite dessa quarta-feira (28) no Hospital Municipal Souza Aguiar, depois de ser transferida do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB) devido ao incêndio que atingiu a unidade federal na manhã da última terça-feira (27). Essa é a quarta morte de pacientes transferidos de Bonsucesso, na zona norte do Rio de Janeiro.

Antes dela, foram confirmados os óbitos de uma paciente de 42 anos com covid-19, uma idosa de 83 anos e um homem de 39 anos.

O incêndio ocorreu no Prédio 1 da unidade de saúde e o Corpo de Bombeiros controlou o fogo no mesmo dia. A Defesa Civil vai avaliar se a estrutura do imóvel foi abalada. A Polícia Federal instaurou um inquérito policial para apurar as circunstâncias e o Ministério da Saúde informou que vai abrir uma sindicância para apurar as causas do incêndio.

Fechamento por tempo indeterminado

O diretor do corpo clínico do Hospital Federal de Bonsucesso, Júlio Noronha, disse na quarta-feira (28) que os funcionários da unidade deverão entrar de férias coletivas a partir do próximo domingo (1º) para que o hospital permaneça fechado. O fechamento ocorre por tempo indeterminado até que uma análise seja feita pelo Ministério da Saúde.

No entanto, a medida não se estende para 22 médicos da nefrologia e do transplante, que serão encaminhados para o Hospital da Lagoa para dar continuidade ao tratamento dos pacientes.