Paciente morre durante transferência de hospital que pegou fogo O Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio de Janeiro, informou na tarde desta terça-feira (27) que, durante a transferência para outra unidade, uma mulher de 42 anos, que estava internada com Covid-19, acabou morrendo.

O prédio um do hospital foi atingido por um incêndio na manhã de hoje. Cerca de 200 pacientes precisaram ser transferidos para outras áreas da unidade e também para outros hospitais. Infelizmente, esta paciente que estava internada em estado grave não sobreviveu à transferência.

De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Lauro Botto, os militares fazem agora um trabalho de rescaldo e dispersão da fumaça. O incêndio começou no meio da manhã de hoje (27) e teria iniciado em um depósito de fraldas no almoxarifado, que fica no subsolo do prédio 1.

“A nossa maior preocupação era não deixar que o incêndio se propagasse para outras unidades aqui do hospital e conseguimos. O incêndio se manteve exclusivamente no prédio 1. A gente não teve propagação para outros prédios. Tanto a estrutura quanto o funcionamento de outras unidades aqui do hospital estão funcionando normalmente”, disse Botto.

De acordo com o tenente-coronel, cerca de 200 pacientes tiveram que ser removidos da enfermaria do prédio 1. Cerca de 170 foram alocados em outros prédios do próprio hospital. Outros 25, em estado mais grave, tiveram que ser transferidos para outras oito unidades hospitalares da cidade. Dos pacientes transferidos, oito estão com covid-19.

Durante o trabalho de retirada dos pacientes, alguns chegaram a ser atendidos dentro de uma borracharia que fica em frente ao hospital.

Segundo o porta-voz, é preciso que a Defesa Civil faça uma avaliação do prédio atingido para saber se ele poderá ser liberado ou se ele será interditado.