Dia do Médico é marcado por homenagens em todo o Brasil O Dia do Médico deste ano, celebrado neste domingo (18), terá de ser comemorado de forma diferente. Profissionais que têm como marca registrada o contato com as pessoas para tratar, cuidar e prevenir doenças, neste 2020, precisam ser celebrados mais do que nunca. Para marcar a data, estão programadas homenagens em várias cidades do Brasil.

Rio de Janeiro

O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro - CREMERJ - promoverá uma homenagem no Cristo Redentor – um dos principais pontos turísticos do país. O monumento receberá uma iluminação especial na cor verde a partir das 18h. O objetivo é agradecer a todos os médicos do Rio de Janeiro por sua dedicação e empenho, principalmente, em 2020, com a pandemia do novo coronavírus, além de homenagear os profissionais que faleceram em decorrência da doença.

“Queremos com essa homenagem abraçar todos os colegas neste momento difícil, além de oferecer uma mensagem de esperança. Sabemos que muitos precisaram deixar suas casas, para não expor suas famílias. Foram necessárias escolhas difíceis também no trabalho. Perdemos pessoas queridas. Como o Conselho que representa esta profissão, estamos orgulhosos e emocionados porque, a cada dia, uma etapa é vencida”, declarou o presidente do CREMERJ, Walter Palis.

São Paulo

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo promove neste domingo uma homenagem aos profissionais vítimas do coronavírus.

O edifício da antiga sede do instituto, que fica na Rua da Consolação, na capital paulista, será alvo de projeções de imagem dos médicos mortos pela covid-19.

Dezenas de fotos ampliadas a 1 tamanho gigantesco vão mostrar cerca de 40 médicos que morreram durante a pandemia. As fotos foram enviadas pelos familiares das vítimas.

Porto Alegre
Na capital gaúcha, a iniciativa do Hospital Moinhos de Vento terá um formato que se tornou popular neste contexto de distanciamento social. Uma live será transmitida a partir das 19h30min, diretamente do Theatro São Pedro, para agradecer aos profissionais de saúde da instituição, e todos os outros.

A transmissão ocorrerá de forma simultânea nos canais no YouTube do Moinhos de Vento e do São Pedro.
A homenagem será realizada por meio de um recital com o trio formado pelo barítono Carlos Rodriguez, a soprano Helena Losada e o pianista Érico Bezerra.

Durante a apresentação, na área externa do prédio histórico, serão projetadas frases de pacientes do hospital, colhidas a partir de depoimentos em agradecimento aos médicos. Inúmeras pessoas enviaram suas mensagens.

Goiás

“Essa homenagem tem um significado de gratidão, de reconhecimento aos colegas que tombaram, perderam suas vidas no exercício da medicina, cumprindo seu Juramento de Hipócrates”, definiu o governador Ronaldo Caiado durante live realizada na noite na quinta-feira (15) pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego). O evento virtual marcou a entrega, pelo conselho, de um monumento em homenagem aos 19 médicos goianos que morreram em decorrência da Covid-19.

Paraná

A data será marcada por iniciativas por meio de plataformas digitais, homenagens nas fachadas de edifício e muitos agradecimentos pelo que esses profissionais estão fazendo em tempo de pandemia do novo coronavírus.

Nos hospitais do Grupo Marista, por exemplo, a data é lembrada não apenas pela pandemia do novo Coronavírus, mas por uma ação sinérgica promovida pelos hospitais Marcelino Champagnat e Universitário Cajuru, incluindo os residentes e professores da Escola de Medicina da PUCPR que atuam nos hospitais.

Rondônia

O Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero) e a AF Imagens, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo, realizam durante todo este mês de Outubro a exposição “Transformando Olhares”.

A mostra, que traz imagens do fotógrafo André François publicadas em seus livros “Cuidar”, “A Curva e o caminho” e “De volta para casa”, faz parte do calendário de homenagens do Cremero ao Dia do Médico, comemorado neste domingo, 18 de outubro.

Todas as homenagens são poucas a estes profissionais que arriscam a própria vida e muitas vezes abrem mão do convívio com a família para salvar a vida de seus semelhantes.