Detran RJ monta força tarefa para atender aos sábados O Detran.RJ dá início neste sábado (10) a uma série de mutirões para oferecer diversos serviços à população. A força-tarefa será realizada todos os sábados até o fim de novembro com vagas para os serviços de Identificação Civil, Habilitação e Veículos. Neste primeiro sábado, o departamento começa os mutirões pela sede, no Centro do Rio, das 9h às 16h, com previsão de atendimento para 600 usuários pré-agendados. Outras três unidades em cidades do interior do estado também abrirão as portas no fim de semana para entrega de RGs.

Na sede, que fica no Centro do Rio, serão disponibilizados os serviços de segunda via de identidade, entregas de identidades já emitidas, renovação de CNH, segunda via de CNH, inclusão de atividade remunerada e a emissão do CRLV (Licenciamento anual).

O atendimento seguirá rigorosamente os protocolos de saúde e só será realizado mediante agendamento prévio, pelo teleatendimento (21 3460-4040/4041/4042) ou pelo site (www.detran.rj.gov.br). Para evitar aglomeração, o departamento pede que só compareça quem tenha realizado o agendamento e sem acompanhantes.

A medida foi tomada pelo novo presidente do órgão, Adolfo Konder, que assumiu o comando do Detran esta semana.

- Atualmente, já temos mais de 200 postos reabertos e 20 mil vagas por dia disponíveis, mas ainda é pouco. A população ficou meses sem os serviços em função da pandemia e, nessa retomada, precisamos entregar ao cidadão fluminense o atendimento ágil que ele precisa. Além dos mutirões, vamos reabrir ainda este mês mais unidades e gerar milhares de novas vagas - explicou Konder.

Entrega de RGs em Mendes, Pinheiral e Porto Real

Neste fim de semana, além da capital, outros municípios do Estado também serão beneficiados com entrega de identidades emitidas antes da pandemia. As unidades de Mendes, Pinheiral e Porto Real estarão disponíveis para os usuários retirarem os documentos.

Para este serviço não será necessário agendamento. Basta o usuário comparecer ao local, das 9h às 15h, com o protocolo de retirada.

Com o objetivo de diminuir a demanda que ficou reprimida durante a pandemia, o departamento também irá ampliar o mutirão para outras cidades do Estado do Rio, nos próximos sábados.